Voltei!

Voltei!

Desculpas! Mil desculpas pelo sumiço!

Mas precisei passar um tempo me dedicando mais a vida real.

Não sei lidar com insegurança. E era assim que eu estava em relação a minha vida. Completamente insegura.

Essa coisa de rede social, blog, treino, vida real, me confundiu absurdamente no começo deste ano. Não sabia mais o que era de verdade. Minha vida virou de cabeça pra baixo.

Percebi que todos os cuidados com meu corpo estavam em dia. Exercícios diariamente, alimentos orgânicos, exame de sangue, dieta, filtro solar… Mas esqueci que a cabeça faz parte do corpo.

Respirei. Criei corgaem. E parei.

Um mês sem rede social. Sete com meu blog parado.

E foi me afastando que então eu percebi: não precisava de mais tempo. Precisava era ME DAR UM TEMPO. Rever minhas vontades, minhas prioridades, minhas metas, meus sonhos, me colocar em primeiro lugar. Isso não tem nada a ver com egoísmo. Mas tem a ver com a minha vida.

Fui para a terapia (ainda há quem pense que isso é para gente deprimida ou fraca) mas não. Eu estava bem, mas fiquei melhor. Percebi um monte de coisa mal resolvida no meu caminho.

Entendi que fui muito dura comigo até aqui. Exigi muito de mim. Me jogo de cabeça em tudo que me proponho a fazer. E isso estava me matando.

Não me permiti descansar. Sofri um ano de enxaqueca mas não parei.

Não me permiti errar. Chorei desenfreadamente após a quebra nos 10k com o Iury.

Não me permiti fraquejar. Vomitei três vezes durante a Maratona do Rio mas quis terminar.

E não fiz isso para provar nada para ninguém. Fiz porque eram conclusões de sonhos. De lutas diárias.

Acho que assim como eu, todo mundo já perdeu tempo demais desejando alguma coisa a mais, sendo que no fundo precisava de coisa a menos. Menos orgulho, menos ansiedade, menos mágoa, menos cobrança.

Depois de entender muita coisa na minha vida, voltei. Só que agora segue mais leve.

A todos vocês que me seguem, minhas mais sinceras desculpas pela ausência. Mas antes de ser Ju Winterink, sou Juliana, chata, metódica, dramática, nerds e se sirvo de inspiração para o esporte, espero que isto também sirva: cuide da sua cabeça.

 

6 Comentários

  1. Mayara disse:

    Ju, és uma fofa que inspira muita gente!!!
    Cuide-se e cuide-se bem para continuar a nos proporcionar toda essa animação, luta diária, disposição!
    Abs!

  2. Julia 7 disse:

    Amei alma. Que bom que vou voltar a ler um pouquinho de você por aqui. Te amo! Parabéns!

  3. Tatiana fujinaka disse:

    Oii, ju adorei ver q vc voltou!! Te acompanho desde o início desse ano e adoro ver o seu entusiasmo e alegria,mas gosto ainda mais da sua sinceridade em mostrar que nem tudo é “perfeito” acho q atualmente muitas vidas não são reais e o fato de vermos q a sua é nos motiva a sermos mais fortes e darmos o melhor de nós! Te admirava pelo seu estilo de vida,mas agora te admiro como ser humano por se mostrar verdadeira e real!
    Muito sucesso na sua vida e estarei torcendo por ti!!
    Quero sempre te acompanhar e te ter como exemplo
    Grande beijo

    • Juliana Winter disse:

      Meu Deusssss que coisa mais linda!
      Não faz ideia do quanto é bom ler isso e saber que não estou sozinha nisso tudo!
      Muito sucesso para vc também e obrigada por me escrever! Isso é um combustível para mim!

      Beijo enorme! Fica com Deus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *